As Obras de Eça de Queirós


  • O Mistério da Estrada de Sintra (1870)



  • As Farpas (1871)



  • O Crime do Padre Amaro (1875)



  • A Tragédia da Rua das Flores (1877-78)



  • O Primo Basílio (1878)



  • O Mandarim (1880)



  • As Minas de Salomão (1885)



  • A Relíquia (1887)



  • Os Maias (1888)



  • Uma Campanha Alegre (1890-91)



  • O Tesouro (1893)



  • A Aia (1894)



  • Adão e Eva no paraíso (1897)



  • Correspondência de Fradique Mendes (1900)



  • A Ilustre Casa de Ramires (1900)



  • A Cidade e as Serras (1901, póstumo)



  • Contos (1902, póstumo)



  • Prosas bárbaras (1903, póstumo)



  • Ecos de Paris (1905, póstumo)



  • A Capital (1925, póstumo)



  • O conde de Abranhos (1925, póstumo)



  • Alves & Companhia (1925, póstumo)



  • O Egipto (1926, póstumo)



  • Cartas inéditas de Fradique Mendes (1929, póstumo)

publicado por Queirosiana às 14:18 | link do post | comentar