As Farpas (1871-1872) #5

"São uma colecção de pilhérias envelhecidas que não valem o papel em que estão impressas" e descreve-as como "unicamente um riso imenso, trotando, como as tubas de Josué, em torno a cidadelas que decerto não perderam uma só pedra, por que as vejo ainda, direitas, mais altas, da dor torpedo lodo, estirando por cima de nós a sua sombra mimosa". (...) "todo este livro é um riso que peleja"


 


Numa carta de Eça de Queiroz a Ramalho Ortigão de 24 Outubro de 1890


 



publicado por Queirosiana às 14:21 | link do post | comentar